Voltar para a lista
Título Autor Data Formato Tema

»Instrumentos Urbanísticos De Participação Pública No Brasil e Em Portugal«

  • Lopes, Dulce;
  • Celso Maran de Oliveira;
  • Isabel Cristina Nunes de Sousa;
  • Pedro Luciano Colenci

2015

Artigo ou Comunicação

  • Participação pública

A instabilidade, a inconstância e o imediatismo são fatores que afetam diretamente o processo de planejamento urbano e provocam a descontinuidade da ação já planejada e, portanto cria irremediável descrédito social.  A capacidade de adotar e impor políticas de planejamento pela Administração passa em grande medida pela promoção de uma maior abertura de suas ações, visando o destinatário dos atos administrativos e consequentemente acalentando o diálogo e, com base nesse cenário, construindo políticas e elaborando planos nos quais se reveem todos aqueles que por eles são tocados (os cidadãos e demais interessados na tarefa de planejamento).  O presente trabalho aborda essa premente e indispensável necessidade de inserir o cidadão como ente ativo e efetivamente integrante do quadro de decisores do planejamento nas cidades. 

Download

(PDF 602 kB)

Considere fornecer-nos alguns dados sobre si.
​Nenhum campo é obrigatório.





Edição:

Editorial Saraiva (Brasil)