Voltar para a lista
Título Autor Data Formato Tema

»As características e a vivência pedonal da rua: o caso de Vila Real«

  • Duarte, Joana

2013

Tese

  • Desenho Urbano e Esp. Púb.;
  • Infraestruturas, Equip. e Mob.
Orientação Jorge Carvalho
Co-orientação Frederico Moura e Sá

Resumo - Esta investigação incide sobre as ruas enquanto órgãos vitais do espaço público. As ruas e os seus pequenos alargamentos encontram-se vocacionados para albergar o peão e outros modos suaves de transporte. Negar a sua importância enquanto palco da vivência pedonal significa suprir a sua essência enquanto espaço público.
Partindo deste pressuposto, o presente estudo pretende averiguar quão determinantes são as características da rua no seu nível de vivência pedonal incidindo, analiticamente, sobre as próprias ruas e os seus pequenos alargamentos com vocação pedonal.
Crê-se que esta investigação constitui uma mais-valia para o planeamento urbano por se centrar no peão. Dela decorre uma classificação específica para as ruas, passível de influenciar opções de programa e de desenho.
A metodologia aqui adotada compreende duas fases de natureza distinta:
a) A primeira assenta numa base mais teórica, tendo como propósito a produção de dois referenciais para aplicação posterior no terreno (um relativo à vivência pedonal e outro às características da rua);
b) A segunda traduz a aplicação dos referenciais produzidos, sob a forma de ensaio preliminar, a uma amostra de doze ruas, na cidade de Vila Real.
Muito embora sejam apenas apresentadas conclusões exploratórias sobre as ruas selecionadas e caracterizadas (assim como sobre a área de estudo), os resultados apurados afiguram-se pertinentes. Observa-se que as características da rua que integram a carga do edificado marginal exercem mais influência sobre o nível de vivência pedonal que as suas características físicas, ou até mesmo que a carga decorrente do desempenho funcional automóvel.
Assim, apesar dos referenciais terem sido construídos com base em hipóteses e carecerem de aperfeiçoamento e validação, afiguram-se como potenciais contributos para investigações futuras.

Abstract - This research focuses on the streets, while vital organs of public space. The streets and their small enlargements are geared to accommodate pedestrians and other soft modes of transportation. Denying its importance as a stage for pedestrian experience means hindering its essence as public space.
Under this assumption, the present study aims to investigate how important are the street characteristics for pedestrians experience, focusing, analytically, on the streets and their small enlargements used by the pedestrians.
It is assumed that this research is an asset for urban planning because it pays attention to the pedestrian’s perspetive. This work provides a specific typology of streets that can influence planning and design options.
The methodology adopted includes two different phases:
a) The first is theoretically based, aiming at developing two theoretical frameworks, for further application to the study area (one regarding the pedestrian experience indicators and another one related to the street characteristics);
b) The second concerns the application of both theoretical frameworks, as a preliminary test, implemented to a sample of twelve streets, in the city of Vila Real.
Although the outcomes presented correspond to exploratory findings about the selected and characterized streets (and study area), the results are relevant. It is possible to identify that the characteristics of the street that comprise the load of the marginal buildings have greater influence on the level of pedestrians experience than in their physical characteristics, or in the load arising from the automobile functional performance.
Thus, notwithstanding that the framework was based on hypothesis and need to be improved and validated, they arise as potential contributions for future investigations.

Download

(externo)

Considere fornecer-nos alguns dados sobre si.
​Nenhum campo é obrigatório.





Edição:

Universidade de Aveiro